São José dos Campos - SP
12 99142-2028
contato@oakast.com

Termos corporativos: siglas que podem lhe ajudar na empresa ou na entrevista de emprego

Termos corporativos

Termos corporativos: siglas que podem lhe ajudar na empresa ou na entrevista de emprego

Volume 32 Nº 2 (2023) REGEM mar 2024

ISSN 2763-8022 (International Standard Serial Number)

por Saulo Carvalho, MSc.
*direitos reservados ©. Texto com liberdade de citação: CARVALHO, S.

Sobre o autor: Mestrado em Gestão e Planejamento | Especialização em Comunicação Empresarial e Marketing. Atuações e consultorias em Gestão e Marketing no Brasil e América Latina.

82 Termos corporativos que podem lhe ajudar

 

Approach: abordagem.

ASAP: sigla para a expressão “as soon as possible”, que significa “o mais rápido possível”.

Assessment: avaliação do comportamento e das competências de um funcionário. Busca pelo autoconhecimento e pela gestão do saber.

B2B, BtoB ou BTB sigla para “Business to Business”: é o comércio entre companhias. Um mercado sem a participação do consumidor físico.

B2C, BtoC ou BTC: sigla de “Business to Consumer” ou “Business to Costumer”. Indica negócio entre a empresa produtora, vendedora ou prestadora de serviços e o consumidor final.

B2Eou simplesmente Endomarketing: sigla de “Business to Employee”. Modelo de marketing voltado para dentro das organizações, em que a internet e a intranet dão aos funcionários a mesma agilidade de acesso à informação que dão aos consumidores.

C2C: sigla para “Customer to Customer”: transações comerciais entre clientes, como Mercado Livre e Airbnb.

Background: experiência, vivência ou conhecimento profissional e pessoal.

Backoffice: suporte. Diz respeito aos departamentos empresariais que têm pouco ou nenhum contato com os clientes.

Benchmarking: processo de avaliação que compara a empresa com a concorrência. O objetivo é incorporar as melhores práticas de outras companhias e aperfeiçoar métodos.

Brainstorming: atividade que explora a potencialidade criativa de um indivíduo ou de um grupo. Aquele momento de arriscar, apresentar, elaborar e explorar ideias. Também chamado “tempestade de ideias”.

Brand: marca.

Branding: construção e gerenciamento da marca de uma empresa, produto ou pessoa. Conjunto de ações ligadas à gestão da marca.

Break-even: ponto de equilíbrio. Quando a receita de uma empresa se iguala aos seus custos. Diz-se que ela sai do vermelho e entra no azul.

Briefing: todas as informações necessárias para a realização de uma determinada tarefa ou ação.

BSC: sigla para “Balanced Scorecard”: indicadores de desempenho. Sistema de medição do desempenho e controle gerencial cujo objetivo é medir os fatores não tangíveis que tornam possível o bom desempenho interno dos processos, pessoas, tecnologia e inovação.

Budget: orçamento.

Business Intelligence: inteligência de negócios. Processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações para suporte da gestão dos negócios.

Deadline: prazo final para a conclusão e entrega de uma atividade ou projeto.

Design Thinking: abordagem que facilita pensar de maneira gráfica e atuar “fora da caixa”. Usar a criatividade colaborativa para gerar e implementar ideias.

Disrupção: inovações que criam novos mercados consumidores.

Downsizing: reduzir, achatar, diminuir. Redução no número de funcionários de uma empresa.

Downscoping: eliminar undiades de negócios e ou produtos e serviços que não trazem lucratividade ou trazem pouca lucratividade para focar em objetivos mais definidos.

Hands-on: participação ativa.

Head: profissional que lidera uma área, um departamento ou um projeto.

Headcount: número de pessoas que trabalham em determinada equipe ou empresa.

CEO: sigla para “Chief Executive Officer”. Diretor executivo, principal executivo, presidente, superintendente, diretor geral. Cargo de maior autoridade na hierarquia operacional de uma empresa. Pessoa responsável pelas estratégias, pela visão e pela gestão da companhia.

CHO: Chief Happiness Officer é o reposnsável para promover o bem-estar, satisfação e a felicidade dos colcaboradores dentro de uma empresa

CFO: sigla para “Chief Financial Officer”. Diretor financeiro. Principal executivo de finanças.

Chairman: presidente do conselho dirigente da empresa.

CHRO: sigla para “Chief Human Resources Officer”. Diretor de recursos humanos.

CMO: sigla para “Chief Marketing Officer”. Diretor de marketing.

CIO: sigla para “Chief Information Officer”. Diretor de tecnologia da informação ou TI.

CKO ou CLO: siglas para “Chief Knowledge Officer” e “Chief Learnig Officer”. Diretor de conhecimento ou diretor de aprendizado. Profissional que administra o capital intelectual da empresa. Estende-se à área da tecnologia: o mesmo funcionário pode ser CIO ou CKO e CLO.

Clima organizacional: ambiente interno de uma empresa. Engloba a liderança na companhia, a motivação para o trabalho e as possibilidades de crescimento profissional, além das satisfações e insatisfações do funcionário.

Coach: profissional responsável pelo desenvolvimento de potenciais e do autoconhecimento de profissionais no cenário empresarial.

Coaching: metodologia de desenvolvimento humano, pautada em diversas ciências e técnicas para auxiliar as pessoas e empresas a alcançar suas metas.

Compliance: agir segundo os regulamentos internos e externos da companhia.

CRM: sigla para “Customer Relationship Management”. Gestão de relacionamento com o cliente.

COO: sigla de “Chief Operating Officer”. Chefe executivo de operações. É o braço direito do CEO. Profissional mais próximo à rotina do negócio.

Core Business: principal negócio da empresa.

Crosselling: técnica de vendas na qual um vendedor tenta vender mais de um tipo de produto para clientes da própria companhia.

Up Selling: up selling, ou venda adicional, envolve persuadir o cliente a adquirir uma versão mais cara ou aprimorada do produto ou serviço que originalmente pretendia comprar. O objetivo é aumentar o valor da transação.

Crowdfunding: captação de recursos financeiros por meio de financiamento coletivo online.

Crowdsourcing: produtos, ideias ou conteúdos construídos com contribuição e conhecimento coletivo, como Crowdtest e We Do Logos, por exemplo.

Joint venture: associação de empresas para explorar determinado negócio, sem que nenhuma delas perca sua identidade jurídica.

Know-how: conhecimento adquirido através da experiência em determinada área ou assunto.

Lead: pessoa interessada no produto ou serviço da empresa e que demonstra intenção em consumir.             

Mailing: banco de dados com nomes, endereços e informações adicionais de consumidores e potenciais clientes.

Market share: fração do mercado controlada pela empresa.

Markup: valor, acrescentado ao preço final do produto após o custo de produção, distribuição e margem de lucro prevista.

MBA: sigla de Master Business Administration. Formação equivalente à pós-graduação em administração de empresas.

MVP: sigla de Minimum Viable Product – produto viável mínimo. Versão mais simples de um produto que pode ser lançada com o menor investimento de esforço e desenvolvimento.

PDCA: sigla de “Plan, Do, Check e Act”. Planejar, executar, verificar e agir. Busca a melhoria contínua de todos os processos. Também conhecido como o círculo de Deming, ciclo de Shewhart, círculo de controle, ou PDSA (plan-do-study-act, planejar, fazer, estudar e agir, em tradução literal).

PDV: sigla de “ponto de venda”. Local onde o produto é oferecido.

Performance: atuação; desempenho.

KPI: Indicadores-chave de performance. Principais indicadores de uma área.

Pitch: discurso breve e objetivo sobre a natureza de um produto ou serviço oferecido, para convencer investidores quanto ao potencial do negócio.

Profit: lucro.

Responsabilidade social: atuação e conscientização empresarial como agentes sociais no desenvolvimento do ser humano e da comunidade.

ROI: sigla de “Return on investment”. Percentual de retorno em relação ao custo de um investimento.

Revenue: receita, rendimento, renda.

Retail: varejo.

RH: sigla de “Recursos Humanos”. Setor responsável pelas contratações, treinamentos, encaminhamento de carreira e gestão de conflitos na empresa.

DHO: desnvolvimento humano e organizacional. A evolução do RH!

SLA: sigla de “Service Level Agreement”. Acordo de Nível de Serviço. Contrato entre um fornecedor de soluções tecnológicas e um cliente, os serviços que serão oferecidos.

Stand-by: no aguardo, em modo de espera.

Team building: espírito de equipe. Método que visa obter melhores resultados por meio do trabalho de equipe.

Unicórnio: startup com valor de mercado superior a US$ 1 bilhão.

Venture capital: capital de risco.

Wholesale: atacado.

Workaholic: profissional viciado em trabalho.

Burnout: condição caracterizada por exaustão emocional, despersonalização e baixa realização profissional.

Boreout: Diferente do burnout, o Boreout ocorre quando os trabalhadores estão submetidos a tarefas monótonas, repetitivas e desprovidas de desafios significativos. A falta de estímulo e a sensação de estagnação profissional podem levar à perda de motivação, desinteresse e uma queda acentuada na produtividade.

Workflow: fluxo de trabalho. passos necessários para automatizar processos, segundo regras definidas, o que permite que estes possam ser transmitidos de um profissional para o outro.

Workshop: treinamento ou palestra.

T&D: treinamento e Desenvolvimento: área de Treinamento e Desenvolvimento é uma das principais responsáveis pela capacitação profissional dos colaboradores de uma empresa.

DEI: diversidade, Equidade e Inclusão: presença de diversidade e integração entre colaboradores de diversas origens étnicas, raciais, sociais, gênero.

EX: Employee Experience: iniciativas e práticas que tornem a jornada do colaborador mais positiva com foco em satisfação e melhoria de produtividade.

SMART: tipo de metodologia ágil e acrônimo para Específica (Specific), Mensurável (Measurable), Atingível (Attainable), Relevante (Relevant) e com Prazo (Time-bound).

eNPS: acrônimo para Employee Net Promoter Score. Pesquisa com funcionários em que os resultados indicam o nível de satisfação com algum aspecto específico da organização ou de forma generalizada.

PDI : Plano de Desenvolvimento Individual: estabelece metas, objetivos, avaliações e ações a serem realizadas para o crescimento e progresso do profissional em sua carreira.

ESG: Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança). Ações que definem o relacionamento da empresa com o meio-ambiente, a sociedade e seus controles internos.

Citação a CARVALHO, S. 

Saulo Carvalho é Mestre em Gestão e Planejamento (UNITAU) stricto-sensu. Pós-Graduado em Comunicação e Marketing Empresarial (UMESP) lato-sensu, Graduado em Administração de Marketing (UMESP). Admitido em regime especial ao Doutorado sobre Pesquisa Operacional (ITA – Instituto Tecnológico de Aeronáutica e Universidade Federal de São Paulo).

Consultor empresarial com atuações no Brasil e América Latina. Ministra disciplinas de Administração, Marketing, Pesquisa e Planejamento Estratégico aos cursos superiores de Administração, Marketing e Engenharia. É pesquisador sobre Gestão, Marketing e Ambiente Econômico. Desenvolve e aplica pesquisas científicas sobre Gestão e Marketing.

LEIA OS TERMOS DE USO ©

 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário